terça-feira, 18 de fevereiro de 2020

Kali Malone regressa a Portugal para dois concertos


Depois de passar pela edição de 2019 do OUT.FESTKali Malone regressa a terras lusas no próximo mês de maio. No dia 15 a artista passa pela Blackbox do gnration e no dia seguinte desloca-se à igreja de St. George, pela mão da ZDB.

The Sacrificial Code, trabalho amplamente aplaudido, mereceu destacado lugar nas listas de melhores registos de 2019 para um vasto conjunto de publicações, incluindo a Wire que descreveu as peças pensadas para orgão de tubos como "contemplativas". Essa dimensão existe, de facto, na obra da compositora americana (agora baseada na Suécia), independentemente do tipo de tecnologia de que possa em cada momento socorrer-se para traduzir as suas ideias.

Os avançados estudos na Academia Real de Música de Estocolmo indicam o nível de empenho que Kali Malone coloca na sua arte que, naturalmente, não enjeita os mestres do passado (Steve Reich é uma referência bastas vezes apontada para o seu trabalho, por exemplo), mas que se faz sobretudo de uma aturada procura em nome próprio. Como Malone já teve a ocasião de explicar em detalhe, o seu trabalho reflecte um profundo interesse na investigação de "expressões harmónicas apagadas da nossa narrativa musical desde a standardização do temperamento igual no século XVIII". A electrónica permite-lhe esse tipo de deriva altamente exploratória, permitindo-lhe a fuga à norma e a busca pelo inusitado ou desconhecido, com a improvisação a ser um dos recursos amplamente presentes na sua obra. 

Antes de The Sacrificial Code, editado o ano passado na iDEAL, Kali Malone lançou registos como Cast of Mind, na Hallow Ground, ou Organ Dirges, na Ascetic House, marcos de um percurso de uma mente irrequieta e inquieta que se tem afirmado pela profunda originalidade das suas composições.

Os bilhetes para o concerto na igreja de St. George custam 12 €, enquanto para o concerto no gnration têm o preço de 7 €.


0 comentários:

Publicar um comentário