terça-feira, 24 de março de 2020

IDM, post-industrial e toda uma vibe dark na estreia de Simone Lalli


O produtor de música eletrónica e designer de som, Simone Lalli estreou-se este ano em nome próprio depois de alguns anos a lançar música sob o alter-ego Autobam. O primeiro trabalho surgiu no início deste mês de março no formato curta-duração sob o distintivo Marefermo EP, num disco que incorpora quatro temas poderosos onde o IDM, o post-industrial, o glitch e o techno dark se fundem entre exercícios sonoros de estética experimental. Embora Marefermo seja uma edição difícil de se rotular, ela encaixa-se facilmente no vasto universo sonoro do cenário da música eletrónica contemporânea, apresentando camadas de som dispersas que se juntam a elementos de divergentes universos musicais.

Desta estreia destaque para faixas como "Aurora" - que inicia Marefermo numa eletrónica vigorosa ainda assim inserida dentro do cenário downtempo -; "Sopra Sotto" - um exercício de som que se foca na inserção de estruturas em repetição e onde se encontra bem vincada a vontade de Simone Lalli em modular a sua própria palete de sons dentro dos géneros anteriormente referidos - e ainda o poderoso "Stella Verticale" que dá por finalizado o disco entre tonalidades mecânicas e nostálgicas. Aproveitem para tecer a vossa própria opinião escutando Marafermo abaixo.

Marefermo EP foi editado no passado dia 7 de março em formato digital e em selo self-released. Podem comprar a vossa cópia aqui.


0 comentários:

Publicar um comentário