domingo, 12 de abril de 2020

Music For Ordinary Life Machines: o documentário para fãs de synths


Estreou em setembro do ano passado, mas ainda continua em exibição e com nova "temporada" prevista para o final do verão deste tenso 2020. Falamos de Music For Ordinary Life Machines: o documentário focado no panorama grego da minimal wave e synthpunk, desde o início nos férteis anos 80 até ao período atual. Assinado pelo diretor Nikos Chantzis, são vários os nomes que ganham destaque neste "must-watch" para os fãs das ondas sintetizadas de camadas negras e que vão desde Alive She Died a Trance 95, contemplando nomes mais recentes como Selofan, Tango Mangalore ou Paradox Obscur

Com o objetivo de capturar a subcultura musical na Grécia que deixou uma marca indelével no coração daqueles que se apaixonaram pelo mundo das máquinas com foco nos sintetizadores, ritmos e as pessoas que os amam podemos visualizar várias entrevistas e teasers de performances dos artistas que marcaram não só o cenário underground grego nos anos 80, onde new wave e o punk passaram a ser expressos por meio de sintetizadores, mas também dos artistas atuais que pegaram na base e forjaram o seu ambiente tão único e característico.



O documentário tem para já confirmadas quatro datas de exibição, uma na Suécia, duas na Alemanha e uma na Bélgica e podem ser consultadas abaixo.


0 comentários:

Publicar um comentário