sábado, 25 de abril de 2020

"There Must Be Somebody" avança novo disco dos Selofan


Partners In Hell é o nome do disco que vem dar sucessão a Vitrioli (2018), o conceituado último esforço longa-duração de um dos maiores nomes do revivalismo gótico da atualidade, os Selofan. Ainda sem detalhes revelados o disco viu esta semana ser apresentado o primeiro tema de avanço, o fustigante e fervoroso "There Must Be Somebody". Quase dez anos depois de terem formado o projeto, Dimitris Pavlidis e Joanna Badtrip conduzem-nos a uma temática sinistra, através de uma plataforma sonora que suporta um forte cunho na utilização de sintetizadores prepotentes e ricos em vida, contrastados por uma voz quase sem vida e altamente absorta por uma certa indiferença.

"There Must Be Somebody" foi apresentado esta semana através de um trabalho audiovisual gravado entre a calma da floresta e agraciado pelo contraste entre o cisne branco e a presença marasmática dos Selofan. Num vídeo cuja data de gravação se posiciona há cerca de um ano atrás, a dupla grega arrisca agora, entre outros, na exploração do conceito de voodoo, ritualismo e uma imagética a aportar um certo surrealismo na essência. De Partners In Hell sabe-se ainda que é um disco com produção a cargo de Serafim Tsotsonis e masterização por Doruk Ozturkcan (She Past Away). O disco deverá chegar às prateleiras no outono deste ano na alçada da Fabrika Records.


Enquanto os pormenores adicionais do sucessor de Vitrioli (2018) não são revelados, aproveitem para ir ouvindo este sinistro "There Must Be Somebody" em loop. Se quiserem apoiar a banda é comprar a faixa no formato digital aqui.

0 comentários:

Publicar um comentário