sexta-feira, 1 de maio de 2020

6 discos para ouvires nesta sexta-feira

Ilustração: Emma Shore/Bandcamp

Pela segunda vez este ano, a plataforma online Bandcamp volta a retirar todas as suas taxas. Durante 24 horas, e de modo a apoiar a comunidade musical atingida pelo novo coronavírus, todas as compras feitas no site revertem totalmente para os artistas e editoras. A iniciativa nobre aconteceu pela primeira vez no último dia 20 de março e movimentou cerca de 4 milhões de dólares, 15 vezes mais que um dia normal de compras. O feito poderá voltar a repetir-se esta sexta-feira, dia 1 de maio, por isso reúnimos seis lançamentos, nacionais e internacionais, que achamos que deves conhecer neste dia especial.



V/A – Um Ano de Bailarico

Originalmente editado em 2006, em CD-R, Um Ano de Bailarico comemora o primeiro aniversário da Lovers & Lollypops, que reúniu 21 temas celebratórios num compêndio essencial para situar o período pré-Milhões de Festa da editora portuguesa. A receita proveniente das vendas desta compilação será doada, na sua totalidade, ao serviço de apoio a sem abrigos da Porta Solidária do Centro Social da Senhora da Conceição, no Porto. 








Niagara – Pais & Filhos

Pais & Filhos é o regresso dos Niagara às edições. O sucessor de Apologia, de 2018, chega novamente pela Príncipe  e é composto por sete faixas de uma electrónica liquefeita tão impressionista quanto espiritual. O novo disco de Sara Eckerson e dos irmãos António e Alberto Arruda é descrito como um “ensaio sonoro psicodinâmico”, desenhado de forma espontânea e a partir de uma raíz acústica percussiva reminiscente das teorias do quarto mundo de Jon Hasell





V/A – Berga Malhas Vol.1

A primeira compilação do coletivo multidisciplinar O Bergado chegou esta sexta-feira pela recém-criada Berga Malhas, que reúne a nata do coletivo que nos ofereceu os incendiários Terebentina. O primeiro volume deste compêndio inclui, segundo Luís Gigante, takes antigos, músicas de confinamento e contribuições especiais dos amigos e artistas que são próximos ao coletivo.









bod [包家巷] – Music for Self Esteem

bod [包家巷]  é a mais recente adição ao catálogo da YEAR0001, editora que alberga os trabalhos de Yung Lean, Bladee e companhia. Music for Self Esteem saiu no passado dia 30 de maio e compila três anos de trabalho em 37 faixas que vão das composições eletrónicas emo às rotas desalinhadas da música club experimental, passando por momentos de tenra introspeção em piano e arranjos originais para instrumentação tradicional chinesa, tudo embrulhado numa produção pristina e altamente intimista.





Moor Mother – Clepsydra

Um lançamento que ganha pelo conceito: uma coleção de sons e gravações de campo para escritores, artistas e criativos que experienciam momentos de bloqueio criativo, trazidos por nada mais, nada menos que Camae Ayewa, mais conhecida por Moor Mother. Composto por 11 faixas cuidadosamente selecionadas pela ativista e poeta americana, Clepsydra propõe o antídoto necessário para acabar com qualquer dia de procrastinação. Tudo o que precisam é de um lápis, uma folha em branco, phones, um local para escrever e um copo de água (palavras da própria).






V/A – In Order to Care

Special Request, Call Super, Shanti Celeste, Peach, FAUZIA, Barker, James Massiah, India Jordan e o português Silvestre são alguns dos mais de 40 artistas que a R&S Records e Raj Chaudhuri reúniram em In Order to Care, compilação montada em apenas nove dias com o propósito de apoiar o serviço nacional de saúde do Reino Unido. Todos os artistas e pessoas envolvidas no disco ofereceram os seus serviços gratuitamente e os lucros revertem na totalidade para a produção de equipamento protetor pessoal para profissionais de saúde.




0 comentários:

Publicar um comentário