domingo, 17 de maio de 2020

Intercepção: a nova compilação da Zabra Records é uma galeria virtual



Para assinalar dois anos de atividade, a Zabra Records lançou uma compilação baseada na ideia de um espaço expositivo imaginário. Intercepção, o título do projeto, passa por uma necessidade de redefinir o formato expositivo em tempos de crise pandémica, ao mesmo tempo que introduz uma nova forma de pensar e construir um disco.   

Videoarte, pintura, imagens roubadas e encontradas, instalação e performance são alguns dos materiais encontrados no projeto desenhado pelo artista audiovisual João Pedro Fonseca com a ajuda de Manuel Bogalheiro e Filipa Henriques, desafiando 10 artistas – são eles Cucina PoveraBliss CurrencyEvitceles, Galtier, Herbert Quain, i-n-e-s, KuTHi JiN, Lachrin, Aires e VVTNSS – a compôr uma peça sonora para uma peça artística que lhes foi atribuída.  

Durante 15 dias, e apenas no site da editora, as faixas que compõem a compilação podem ser escutadas nas diferentes salas da galeria, acompanhados pelos esboços das peças que lhes correspondem. Em junho, os temas encontram-se disponíveis nas várias plataformas digitais.  






0 comentários:

Publicar um comentário