quarta-feira, 6 de maio de 2020

Morreu Florian Schneider, fundador dos Kraftwerk



Morreu Florian Schneider, um dos fundadores do grupo alemão Kraftwerk. A notícia foi confirmada ao jornal britânico The Guardian por um dos seus colaboradores, que avançou que o músico alemão morreu há uma semana, vítima de cancro. Tinha 73 anos.  

Nascido em 1947, em Düsseldorf, Schneider participou desde cedo na comunidade musical mais desalinhada da cidade. Em 1967, forma os Pissoff com Eberhard Kranemann, e três anos depois junta-se a Ralf Hütter no trio rock psicadélico Organisation. A relação com o último daria origem à primeira formação dos Kraftwerk, um dos mais importantes nomes da cultura popular e pioneiros da música eletrónica de dança.  

Depois de lançarem três álbuns como dupla, com algumas colaborações excecionais que incluíram o multi-instrumentista Michael Rother (Harmonia, NEU!), os Kraftwerk expandiram a formação para quatro e lançaram o seminal Autobahn, de 1974, que encetou por uma orientação mais minimalista centrada nas potencialidades do sintetizador. A tendência continuaria com uma influente ronda de discos como Radio-Activity (1975), Trans-Europe Express (1977), The Man-Machine (1978) e Computer World (1981).  “The Model”, tema do disco de 78, conquistou a primeira posição na tabela de singles britânica em 1982.  

Depois de lançar o último álbum com os Kraftwerk, Tour De France, em 2003, e de ingressar numa longa tour de promoção do mesmo (atuaram em Lisboa um ano depois), Schneider deixou o grupo em 2008.  

Para além do importante contributo para a música eletrónica, o grupo que ajudou a fundar é tido como um dos pilares do movimento krautrock, termo popularizado pela imprensa inglesa para descrever, ainda que pejorativamente, a efervescente comunidade experimental alemã da época. 

A faixa-título de Trans-Europe Express foi samplada por Afrika Bambata, em 1982, no seu disco Planet Rock, e podemos escutar o legado da banda nos desenvolvimentos da música house e techno da Detroit de finais dessa década. O tema "V-2 Schneider", de David Bowie, é considerado por muitos como uma homenagem ao grupo. 


   


0 comentários:

Publicar um comentário