quinta-feira, 28 de maio de 2020

Violent Scenes lançam vídeo para o single "Zebra OPN"


Os Violent Scenes anunciam-se como o Novo Teatro Grego. Atentos a Eurípides e à lição de Godard, eles desprezam os programas teatrais da televisão e declaram que a tragédia não é violenta. Os Violent Scenes são uma tentativa de ser humano. É assim que a banda de Apúlia, no sul da Itália, se apresenta na sua press release.

Nós últimos três anos, o quarteto de amigos de longa data formados por Anto, Gianfranco, Gianvito e Giorgio lançou um álbum, um EP,  um espetáculo teatral Abandons com a companhia Teatro delle Rane e desenvolveu muitas outra atividades performativas, tendo chegado quase à centena de concertos.

Após o álbum de estreia Know by Heart (Angapp, 2017), focado na memória divina dos homens, no EP editado em 2019 intitulado Stimmung, os Violent Scenes retratam a solidão, a nostalgia, a angústia e o amor. Debruçam-se sobre o facto do homem atual ser consumido pelo trabalho, trabalho mental, trabalho do conhecimento, trabalho de ecrã, revelando dificuldades em ouvir-se a si mesmo, ao seu corpo e à sua mente. 


A banda lança hoje (28 de maio) um novo video para a última faixa do EP, “Zebra OPN”, a qual sampla e uma homenageia "Zebra", um dos temas favoritos de Oneohtrix Point Never para os Violent Scenes. O video realizado por Stelvio Attanasi faz parte de um projeto produzido em parceria com a pintora siciliana Silvia Ruggeri e pode ser assistido em baixo. Sobre o novo vídeo a banda afirmou: 
Estamos num novo universo antigo, feito de led e têmpera, onde a solidão compartilhada com sua própria sombra já não é dolorosa. Aqui, os olhos do pintor, verdadeiros como os do animal, tentam reviver os primeiros momentos da humanidade, quando a sombra não seguia o homem, mas liderava seu espírito: "Ethos Anthropoi Daimon" - disse Heráclito.

A banda italiana vai lançar o seu EP Stimmung para o público europeu a 12 de junho com o selo da Angapp.

0 comentários:

Publicar um comentário