quarta-feira, 1 de julho de 2020

OIÇAM: Tarmak

oicam-tarmak

A banda belga Tarmak surgiu em 2015, quando o guitarrista Sander e o baterista Simon começaram a tocar numa banda anterior chamada State of Time. Acontece que, quanto mais tocavam juntos, mais esses elementos começavam a acumular ideias que não batiam certo com a identidade musical da sua banda na altura. Depois da separação dessa banda, eles continuaram a tocar juntos regularmente e a começar a desenvolver uma nova identidade musical mais de encontro as sensibilidades sonoras dos dois membros da banda, a quem se juntou eventualmente o baixista Geert.

Com uma tendência para bandas como Tool, Opeth, Russian Circles e Cult of Luna, eventualmente os três músicos começaram a pouco e pouco a criar uma base fundada no cruzamento entre o metal progressivo e a sonoridade mais atmosférica do post-rock/post-metal, e a identidade musical deles enquanto conjunto surgiu naturalmente. O EP de estreia da banda lançado este ano, Plow, comprova isso ao longo das suas quatro faixas. A música deles é puramente instrumental - havendo vocais muito esporádicos - e caracteriza-se por ter uma abundância de dinâmicas, intensidades diversas e grooves, demonstrando uma versatilidade sonora e conceptual que convida os ouvintes a várias audições para apreciar melhor as faixas. 

Ouçam o EP Plow em baixo.
 

0 comentários:

Publicar um comentário