sexta-feira, 31 de julho de 2020

Tagua Tagua - "Inteiro Metade" (Quarentena Session) [Threshold Premiere]

© Rafael Rocha
Foi no final de 2017 que Tagua Tagua ganhou vida, projeto a solo de Felipe Puperi, compositor e produtor musical gaúcho radicado em São Paulo, que evoca sonoridades mais tradicionais da música popular brasileira e samba tradicional, com pitadas de sons atuais e universais. Antes de se apresentar como Tagua Tagua, Felipe foi o vocalista e compositor dos Wannabe Jalva durante 7 anos, banda que esteve no Lollapalooza 2013, abriu concertos de Pearl Jam, Jack White e foi destaque na KCRW, NY Times, Stereogum, Brooklyn Vegan e WFUV. 

Já com algumas edições na sua mochila – os EPs Tombamento Inevitável (2017) e Pedaço Vivo (2018) – Tagua Tagua prepara-se para editar neste atribulado ano o primeiro disco, Inteiro Metade, que será lançado no Brasil pela Natura Musical e na Europa pelo selo espanhol Costa Futuro.

Enquanto a pandemia de Covid-19 se espalha pelo mundo, o projeto do produtor Felipe Puperi continua a remar contra a maré e dá passos largos no planeamento do seu novo trabalho. Mesmo em casa, enquanto o Brasil se mantém como um dos países mais atingidos pela pandemia, Felipe decidiu gravar à distância com os membros da banda que o acompanha versões dos dois singles que já revelou até agora: "Mesmo Lugar" e "Inteiro Metade". Enquanto a primeira versão foi lançada, no Brasil, em Junho - assistam aqui -, a segunda, é lançada hoje (31 de julho), com exclusividade na Europa, e conta com a participação de Felipe na voz e guitarra, Leo Mattos na bateria, Jojo na guitarra e piano elétrico e Rafael Findans no baixo. 

Vejam em baixo o vídeo para a sessão ao vivo de “Inteiro Metade”, canção que representa bem o sentimento do álbum todo sobre o processo de ressignificação que as pessoas vivenciam durante a vida.



Questionado sobre como foi produzir essas versões das músicas, Felipe comentou:
“Esse processo de gravar à distância tem se mostrado bem interessante pra mim, pois são takes em direto, gravados separadamente. Não dá pra ser considerado nem um material no qual todos tocam juntos ao mesmo tempo e, também, nem uma gravação convencional, na qual é possível editar takes e ajustar algumas coisas com overdubs. Isso tudo foi interessante, exigiu uma concentração pra que todos estivessem na mesma onda e sentindo a música da mesma maneira, do contrário não funcionaria. No fim, ficou bem próximo da gravação original, mesmo captando os instrumentos em salas e plataformas totalmente diferentes do disco”.

Em 2019, Tagua Tagua passou por Portugal para dois concertos, na cidade de Lisboa (Valsa) e Porto (Maus Hábitos) e realizou também a sua primeira tour nos Estados Unidos, onde se apresentou no Brasil Summerfest NYC, abriu dois concertos para The Growlers e tocou no Baby’s All Right, famosa sala de Brooklyn. Além disso, o single "Peixe Voador" fez parte na banda sonora do FIFA 2020. 

Para já, além do lançamento de Inteiro Metade, Tagua Tagua prevê regressar a Lisboa em 2021 e passar uma temporada em terras portuguesas.

0 comentários:

Publicar um comentário