quarta-feira, 16 de setembro de 2020

eRikm apresenta espetáculo a solo na Associação de Moradores da Bouça

 © Mizuki Nakeshu

No próximo sábado, dia 19 de setembro, o improvisador, compositor e artista visual eRikm passará pela Associação de Moradores da Bouça, no Porto, para um concerto a solo inserido na programação da sétima edição do Cultura em Expansão.

Nascido em Mulhouse, França, e sediado em Marselha, eRikm é dos um dos mais significativos nomes da sua geração, tendo assinado obras por selos tão respeitados como a americana Earstwhile ou a portuguesa Sirr, de Paulo Raposo. O seu trabalho centra-se na exploração do gira-discos enquanto instrumento musical, que manipula para criar admiráveis mundos de percussão e ruído concreto. O seu primeiro disco, L'art de la fuite, data de 1995 e pelo seu vasto currículo contam-se colaborações com notáveis da música exploratória como Luc Ferrari, Christian Fennesz, Thurston Moore ou Otomo Yoshihide, com quem forma o grupo Les Sculpteurs de vinyl.

O artista francês junta-se a Mary Ocher, JP Simões e Atlas de Instrumentos Utópicos no ciclo de concertos promovido pela Associação Cultural Sonoscopia, que se associa pela primeira vez ao Cultura em Expansão no acompanhamento artístico do programa a ter lugar na Associação de Moradores do Bairro da Bouça. 

O espetáculo acontece pelas 21:30 e terá lotação limitada, pelo que é obrigatório o levantamento de bilhete gratuito (máximo 2 por pessoa) no local, a partir de 2 horas antes do seu início.






0 comentários:

Publicar um comentário