terça-feira, 22 de setembro de 2020

Fotogaleria: Ondness + Folclore Impressionista [MAAT, Lisboa]

Ondness e Folclore Impressionista MAAT

O MAAT recebeu no passado dia 11 de setembro as atuações de Ondness e Folclore Impressionista, na segunda noite com a curadoria da Discrepant, esta dedicada ao conceito de hauntologia e à exploração de dimensões alternativas de um antigo futuro, com base nas noções de desfasamento temporal, retrofuturismo, memória cultural e persistência do passado. 

Ondness, alter-ego de Bruno Silva, que também responde sob o alias de Serpente, trouxe consigo as suas mais recentes edições lançadas em 2019, o EP Not Really Now Not Any More pela Holuzam e Meio Que Sumiu pela Souk, uma sub-label da Discrepant dedicada aos chamados "global beats". Por sua vez, Folclore Impressionista, coletivo artístico sonoro e visual formado em 2016 por João Paulo Daniel (áudio), Sérgio Silva (áudio) e António Caramelo (vídeo), apresentou o mais recente trabalho A NEW SENSATION: Music For Television, editado a 1 de setembro com o selo da Russian Library, o qual reflete sobre o impacto da televisão no quotidiano, aparelho que “simultaneamente se transfigurou num espelho e emissor de uma sociedade cada vez mais complexa, multipolar e de modelos dificilmente padronizáveis”.

As fotografias do evento podem ser revisitadas através da fotogaleria em baixo ou aqui.


0 comentários:

Publicar um comentário