segunda-feira, 28 de setembro de 2020

Lina e Raül Refree | Há Fado no Cais | CCB

Lina e Raül Refree | Há Fado no Cais | CCB

 "Quando uma fadista se junta a um produtor e músico catalão isso pode resultar numa das mais belas estranhezas a que o fado foi sujeito nos últimos anos."

Gonçalo Frota, in Público


É já quinta-feira, 1 de outubro, pelas 21:00, que o projeto Lina_Raül Refree sobe ao palco do grande auditório do Centro Cultural de Belém, para um espetáculo promovido pelo CCB, EGEAC, Museu do Fado e a UGURU.

Lina, artista multidisciplinar, cantora e estudante atenta da obra de Amália Rodrigues, fez uma seleção do seu repertório mais emblemático, que interpreta de forma admirável. Raül Refree, músico catalão e um dos produtores mais inovadores da atualidade, que deu ao flamenco uma nova roupagem, produzindo artistas como Sílvia Perez Cruz ou Rosalía, com a mais recente colaboração no rock experimental com Lee Renaldo (Sonic Youth), assina todos os arranjos e produção deste projeto. Nesta noite o público poderá deleitar-se com o som de «catedral» que criou e onde a voz de Lina, envolta de névoa analógica, soa arrepiante, verdadeira e profundamente emocionante.

Mudaram de pele. Um novo começo. Foi isso que a cantora e o produtor/multi-instrumentista deram ao fado português no Lina_Raül Refree, o primeiro disco desta dupla de músicos extraordinários que desenvolveram uma empatia musical intensa, comprovada neste trabalho editado pela premiada editora alemã Glitterbeat Records e na intensa digressão internacional, iniciada em julho de 2019 (em Cartagena). Lina e Refree têm passado por várias cidades europeias, arrebatando aplausos do público e da critica, com um espetáculo pensado ao pormenor, encenado por António Pires, com luz desenhada para sublinhar todo o drama nele contido. Depois das várias apresentações no estrangeiro,  foi apresentado em novembro passado no Misty Fest em quatro cidades do nosso país. 

Mas música não é geografia, mas emoção! Os bilhetes para este espectáculo podem ainda ser adquiridos através da Ticketline e oscilam entre os 10 e os 23 euros.

*Lina_Raül Refree recebeu o prémio da crítica alemã Preis der deutschen Schallplattenkritik, que o considerou o melhor disco do primeiro quarto de 2020. Está também nomeado para os prémios franceses Victoires du Jazz, na categoria de World Music, e é finalista do Music Moves Europe Awards, um prémio com a chancela da Comissão Europeia. 




0 comentários:

Publicar um comentário