terça-feira, 29 de setembro de 2020

O disco de estreia dos topographies chega em dezembro

 

O disco de estreia dos topographies chega em dezembro

Os topographies são um nome em ascensão na cena alternativa californiana ao reviverem algum do experimentalismo shoegaze fortemente associado às camadas texturais da dream-pop. O grupo que começou por chamar a atenção com o primeiro lançamento da carreira, o EP topographies (2018), tem construído desde então a sua sonoridade ao redor de guitarras profundamente sentimentalistas, desequilibradas e envoltas entre o reverb e os loops infindáveis. Depois de uma série de lançamentos no formato curta-duração o trio prepara-se agora para consolidar a experiência adquirida nos últimos dois anos num longa-duração que sintetiza e esclarece a estética da banda ao longo de oito faixas profundamente intensas.

Desde o trabalho de guitarra etéreo assinado por Jérémie Rüest, às linhas de baixo ágeis de Justin Oronos e às letras poéticas de Gray Tolhurst, os topographies criam um ambiente de imersão desfocado que se arrasta no tempo em composições de essência doce. O novo disco, segundo nota de imprensa, "diz respeito às projeções que os seres humanos colocam relativamente à experiência e à impossibilidade de uma existência perfeitamente realizada". Em antecipação do novo disco a banda avançou recentemente com a balada "Rose of Sharon" que pode assimilar-se na íntegra abaixo.

Ideal Form tem data de lançamento prevista para o dia 4 de dezembro em formato vinil e digital pelos selos Funeral Party Records (US) e Medication Time Records (FR). Podem fazer a pre-order do disco aqui.


Ideal Form Tracklist:

01. Mirror 
02. False Desire
03. This Evening Also
04. Image
05. See You As You Fall
06. Lonely Figure
07. Rose of Sharon
08. A Wine Dark Sea

0 comentários:

Publicar um comentário