sexta-feira, 2 de outubro de 2020

João de Nóbrega Pupo – Sonified Notations [Threshold Premiere]



Sonified Notations é a estreia em longa-duração de João de Nóbrega Pupo. O LP de oito faixas aterrou esta sexta-feira, dia 2 de outubro, sob a tutela do Colectivo Casa Amarela e explora as inúmeras possibilidades da música clássica-moderna através de uma abordagem livre e não-determinística à composição.

Uma das suas peças, “Music of Changes”, é uma sonificação da página do livro Notations, de John Cage, e retira o seu título à obra que o autor de 4'33" compôs para o norte-americano David Tudor, em 1951. É a partir da partitura de Cage que o músico madeirense procura refletir sobre a perspectiva e os limites que a definem, distorcendo os conceitos de códigos, linguagens e registos – modus operandis que, aliás, utiliza para a construção dos alicerces que formam os restantes temas de Sonified Notations.

João de Nóbrega Pupo é licenciado em Arte e Multimédia pela Universidade da Madeira e estudou Arte Sonora na Faculdade de Belas Artes da Universidade de Barcelona, onde apresentou a sua tese de Mestrado. Integrou vários grupos musicais, tais como PinPointing Madness, Impulse Paradox, Godwin- Austen e BREU, e participou em diversas exposições coletivas. Em 2017, lançou um conjunto de peças intitulado Perdu dans le Consonance Chromatique, gravado e interpretado em Marselha no âmbito da residência artística Sketchem’Up. Em 2018 participou na homenagem a John Cage, “I have nothing to say  and I’m saying it”, no Colégio dos Jesuítas, no Funchal, na perpectiva de compositor convidado e, no ano seguinte, foi convidado a participar no festival de música experimental MadeiraDig como formador.

Sonified Notations encontra-se disponível para escuta nas várias plataformas digitais. A sua versão física, em CD, também se encontra disponível e pode ser comprada no Bandcamp do Colectivo Casa Amarela. 

Em agosto deste ano, a editora sediada em Lisboa lançou o EP de estreia de Fashion Eternal, projeto que junta Vítor Bruno Pereira (Aires, Shikabala) e João Valinho para um confronto saudável entre eletrónicas abstratas e percussão concreta. 




 

0 comentários:

Publicar um comentário