sábado, 3 de outubro de 2020

STREAM: Optic Sink - Optic Sink


Optic Sink é o projeto que junta Natalie Hoffman, vocalista e guitarrista do Nots, ao percussionista Ben Bauermeister (Magic Kids, Toxie, A55 Conducta). O duo explora o lado mais minimal da eletrónica e do post-punk, descartando na sua sonoridade os computadores, ao mesmo tempo que abordam composições de paisagens marcadamente humanas. 

Entre as influências de Optic Sink podem encontrar-se o Dadaísmo e o movimento Bauhaus, a filosofia existencialista de Simone de Beauvoir e os jump-cuts de Maya Deren. O poder e a tensão criados por Hoffman entre o humano e a máquina evoca personagens míticas do mundo cinematográfico, como Maria, a professora rebelde que se transforma em Maschinenmensch no filme Metropolis de Fritz Lang, e Ripley, a heroína destemida e arrogante que marca a saga Alien, criada por Riddley Scott.

O álbum de estreia de Optic Sink conta oito temas novos, de roupagens assumidamente atmosféricas e experimentais, compostos parcialmente numa residência musical no Memphis creative complex Crosstown Arts. Num disco de estreia declaradamente pessoal, Hoffman confessa que este funcionou como “uma procura evasiva pelo conforto” e que “os humanos têm necessidade de se libertar da dor”. A artista perdeu nos últimos dois anos pessoas que lhe eram muito queridas e após um período de desorientação e luto, voltou a focar-se na composição de canções, revelando-se como uma forma de terapia para a própria e uma maneira de superar a dor e o choque dessas perdas. 

Optic Sink é também um disco de fortes convições políticas, refletindo sobre o clima que se vive na América neste ano de 2020.

O primeiro avanço deste disco ficou a cargo de "Personified”, uma reflexão caótica sobre as sombras de longo alcance da distopia em que vivemos. O vídeo está disponível em cima.

O álbum de estreia homónimo sai a 2 de outubro com o carimbo da Goner e pode ser escutado na íntegra no Bandcamp do grupo e aqui em baixo.

0 comentários:

Publicar um comentário