terça-feira, 10 de novembro de 2020

A darkgaze dos Schonwald tem novo capítulo em 'Abstraction'

A darkgaze dos Schonwald tem novo capítulo em 'Abstraction'


2020 está a ser um ano extremamente produtivo para Luca Bandini (voz, sintetizadores, bateria eletrónica) e Alessandra Gismondi (sintetizadores, voz). Ainda nem um mês passou desde que a dupla italiana colocou cá para fora novo disco sob a chancela Shad Shadows, mas os dois já se encontram de regresso com uma nova lide criativa sob a entidade Schonwald. Abstraction, o sexto capítulo longa-duração na carreira do duo vem dar sucessão a Night Idyll (2017, Manic Depression Records), e volta a afirmar o contributo perspicaz da dupla no panorama contemporâneo, ao conjugar elementos da dream wave, shoegaze e post-punk numa sonoridade amplamente hipnotizante e doce, mas igualmente voraz e demarcada. 

Em Abstraction, os Schonwald apostam numa temática inspirada em hinos e mantras esotéricos, além dos ecos da natureza humana selvagem por forma a criar uma viagem introspetiva às esperanças utópicas do século XXI. O resultado é um disco vastamente assimilável e conciso, que se poderia descrever com uma atmosfera camaleónica de darkgaze. A verdade é que em Abstraction é notória uma evolução face ao antecessor Night Idyll. Aqui, ao longo de dez faixas ricas em camadas de som divergentes, mas complementares, o som sente-se mais imersivo e sonhador. Desde o instrumental tema de abertura, "Desert" ao cocktail psych infused de despedida "Fire Fire", os Schonwald aventuram-se numa camada sonora que se destaca pelas tendências etéreas que Alessandra Gismondi coloca em ação e pela melancolia inerte que provém das guitarras. Do disco forte destaque para temas como a incrível balada de dream-pop "Violet", a injeção de adrenalina cativante de "Inner Sin" ou o futurista "Echo's Dream".

Abstraction foi lançado em formato digital no passado dia 6 de novembro e tem edição em vinil e CD marcada para 20 de novembro na casa francesa Manic Depression Records. Podem encomendar a vossa cópia aqui. O álbum pode reproduzir-se abaixo.

0 comentários:

Publicar um comentário