domingo, 15 de novembro de 2020

Al Jamal apresenta novo single "Doghead"

Compositor e poeta californiano, radicado no Recife, Brasil, desde 2016, Omar Al Jamal é um artista multifacetado, tendo sido responsável pela criação de dois livros de poesia e prosa (terro(a)r e Smut), uma revista de literatura e arte visual (Fine Print) e uma discografia com de mais de 10 discos, que se extende pelos seus projetos Night Auditor e Brother Mitya. Em 2020 lançou Soul Junk, o último disco de Night Auditor e a música “Dear Beirut”, parte do seu projeto Dear Beirut: uma música por seu socorro, em colaboração com a ONG SEAL-USA.org.

O ano de 2020 tem sido proveitoso para o artista, que agora se lança sob o alias de Al Jamal com o single “Doghead” e marca o início de uma colaboração entre o artista e o selo brasileiro Abismmo. A estética jazz-alternativa representa o novo rumo que o compositor tomou no seu novo trabalho em andamento, Tony’s Songs, composto por músicas inéditas dedicadas ao seu filho. "Doghead” não faz parte desse novo disco, mas representa uma abordagem bastante diferente comparada a seus outros projetos, que focavam mais nos sintetizadores analógicos, no estilo lo-fi funk ou boogie, arranjos de funk para metais e músicas experimentais para voz e violão.

A ideia da música “Doghead” surgiu em homenagem a Oliver, cão da família do músico que faleceu após um ataque de dois pitbulls que invadiram o quintal onde ele morava, nos Estados Unidos. Essa experiência dolorosa inspirou-o a compor uma música que reflete sobre um mundo cheio de depravação e perversidade, como os dog-face comics do artista Brian Blomerth.

O single foi produzido na residência criativa do estúdio Glândula, em Gravatá-PE, com todo o processo de produção assinado por Cássio Sales. Além de Al Jamal, Paes e Cássio, que assinam o arranjo e a sessão, a faixa tem a participação de Marcelo Campello (Mombojó) na guitarra.

0 comentários:

Publicar um comentário