sexta-feira, 27 de novembro de 2020

Kel Assouf encerra segundo ciclo de músicas do mundo Terra em Guimarães




O segundo ciclo de músicas do mundo Terra encerra esta sexta-feira, dia 28 de novembro, com a atuação da banda Kel Assouf, do nigeriano Anana Harouna. O guitarrista, que chegou a tocar com os tuaregues Tinariwen, irá apresentar o seu mais recente álbum, Black Tenere, na companhia do teclista Sofyann Ben Youssef (Ammar 808) e do baterista Olivier Penu.

Kel Assouf, que significa "nostalgia" e "filho da eternidade" em Tamashek, a língua dos nómadas do Saara, é uma banda criada por Anana Harouna em 2006, quando se estabeleceu na Bélgica – depois de um longo exílio na Líbia após ter deixado o Níger, onde nasceu, durante a rebelião tuaregue do início dos anos 1990.  

Harouna, que chegou a tocar com os Tinariwen, banda fundamental do rock do deserto, recria a tradição das guitarras tuaregues a partir da Bélgica, onde tem explorado vários estilos e fórmulas, reunindo músicos de países africanos e europeus. Gravou já três álbuns, que vão da tradição ao rock puro e duro. O mais recente, Black Tenere, saiu em 2019 e é o mote para o concerto no Centro Internacional das Artes José de Guimarães (CIAJG), agendado para esta sexta-feira às 19h30.

Os ingressos, com o valor de 10 euros ou 7,5 euros com desconto, ainda podem ser adquiridos online em www.aoficina.pt ou nas bilheteiras da cooperativa A Oficina, bem como nas lojas Fnac, Worten e El Corte Inglés.  


0 comentários:

Publicar um comentário