terça-feira, 8 de dezembro de 2020

Mercúrio Vermelho: Jonathan Uliel Saldanha apresenta nova instalação no Teatro Rivoli


Mercúrio Vermelho, o mais recente projeto de Jonathan Uliel Saldanha, será apresentado no Teatro Rivoli nos próximos dias 10, 11, 12 e 13 de dezembro. Este será o primeiro momento  que o criador — também conhecido como um dos fundadores dos coletivos SOOPA, HHY & The Macumbas e Fujako — propõe enquanto artista associado do Teatro Municipal do Porto (TMP), iniciando assim um novo processo de colaboração ao longo de duas temporadas. 

Mercúrio Vermelho é uma performance/instalação que convida o espectador a percorrer uma “paisagem sintética, um percurso acústico e plástico que segue o delírio pela extração de metais preciosos e evoca múltiplas histórias, mitos e teorias da conspiração", revela-se em comunicado. O projeto começou a ser filmado em Kampala, no Uganda, e intensificou-se quando o artista se viu impossibilitado de regressar a Portugal devido às restrições impostas pela pandemia de Covid-19. 

Jonathan Uliel Saldanha sucede assim o coreógrafo Marco da Silva Ferreira e o encenador Jorge Andrade (mala voadora), que foram os primeiros artistas associados do TMP, nas temporadas 2017/2018 e 2018/2019, respetivamente. 

Mercúrio Vermelho pode ser visto na próxima quinta-feira, dia 10 de dezembro, entre as 17h00 e as 21h40, e na sexta-feira, dia 11 de dezembro, entre as 17h00 e as 20h40. Ao sábado e domingo, dias 12 e 13 de dezembro, o espetáculo realiza-se entre as 10h00 e as 12h00. As sessões decorrem de 40 em 40 minutos e têm uma lotação máxima de 5 pessoas. Haverá ainda uma extensão virtual de Mercúrio Vermelho, que estará disponível online através do site do TMP. 

Os bilhetes encontram-se disponíveis para compra no balcão do TMP e possuem o custo de 7 euros.


0 comentários:

Publicar um comentário