quarta-feira, 27 de janeiro de 2021

Blue Alibi: Mica Levi edita segundo álbum surpresa



Mica Levi, a voz dos Good Sad Happy Bad (ex-Micachu & The Shapes), acaba de editar o seu segundo álbum surpresa em apenas dois meses. Blue Alibi sucede o anterior Ruff Dog, de dezembro, que foi anunciado como sendo o álbum de estreia a solo da cantora e compositora inglesa. 

O LP de onze faixas conta com a particpação de Jonatan Leandoer (Yung Lean), Coby Sey, Relax Kevin, Brother May e CURL, coletivo londrino composto por Levi, Sey e Brother May, entre outros, que assina créditos em duas faixas. O anúncio do novo álbum vem acompanhado de um vídeo, realizado pelo cineasta Finnbar Porteous, para um dos seus temas, “Waves”, e apresenta uma colagem de imagens variadas em câmara lenta. Encontrem-no em baixo.

Mica Levi, que se identifica como uma pessoa de género neutro, nasceu em Surrey e recebeu formação clássica desde cedo. A mudança para as periferias de Londres levaram-na a explorar os campos mais abstratos da música pop, trabalhando com notáveis da música desalinhada como Oliver Coates ou Dean Blunt. Para além de um fascinante corpo de trabalho com os seus Micachu & the Shapes, hoje Good Sad Happy Bad, Levi é responsável por um admirável trabalho a solo enquanto compositora de bandas sonoras para filmes de Jonathan Glazer, Alejandro Landes e Pablo Larrain (a banda sonora do filme Jackie valeu-lhe uma indicação ao Óscar de Melhor Banda Sonora Original em 2016). Em 2020, Levi compôs escreveu a trilha para a mais recente curta-metragem da fotógrafa Nan Goldin.

Blue Alibi encontra-se disponível para escuta nas principais plataformas de streaming e pode ser adquirido digitalmente na página de Bandcamp da artista.


0 comentários:

Publicar um comentário