terça-feira, 19 de janeiro de 2021

Dream People anunciam novo disco com single e videoclipe

Dream People anunciam novo disco com single e videoclip

O próximo lançamento de Dream People chama-se Almost Young e tem data marcada para dia 12 de março. A primeira miragem do álbum chega até nós com o single "People Think", já disponível no Youtube, com uma interpretação coreográfica de João Reis Moreira.

Em nota enviada às redações, Dream People descrevem-na como a "música mais alegre" do novo álbum, mas "também aquela que tem a mensagem mais dura", e é João Reis Moreira quem ilustra esta canção "aparentemente otimista e até eufórica" através da dança. "Em certas alturas das nossas vidas, acabamos por nos esquecer daquilo que éramos na juventude", explicam. "People Think" reflete exatamente esse "medo de nos perdermos a nós mesmos". Mais do que uma reflexão, batizam o tema como um confronto, no qual "se aponta o dedo a quem, com o decorrer da vida, se deixa tornar obsoleto", caíndo numa "rotina entorpecente" e perdendo a "sua própria essência".

Conhecido pelas coreografias ao lado de Conan Osíris, João Reis Moreira dança esta "contradição entre um passado ideal" e o presente em confronto com a "vida desperdiçada", numa curta-metragem realizada por Andreia Pereira da Silva, com produção da Maus da Fita. Após terminar um "ano improvável a interpretar uma música imprevista", o dançarino confessa-nos ter dado o corpo a esta música. "Dancei o empate da vontade com a apatia, corri atrás do tempo que não se agarra, até perceber que a canção falava diretamente comigo", refere, deixando claras as saudades daquele "miúdo que dançava a noite inteira" mas que veio a perder de vista.

Sabemos ainda que "esta ideia de abandono e perda da juventude é transversal a todo o álbum". Sobre a essência da nova viagem, revelam-nos que é "acima de tudo um disco dialético", assente na coexistência de forças que se contrapõem. Neste "exercício assumido de chiaroscuro musical", sabemos de antemão que "a leveza e o amor coabitam com a dor, a perda e a solidão", muitas vezes num só tema. Do medo e de todas as suas vertentes, nasce Almost Young, (a sair em março) que espelha o "receio de sair do ninho e aterrar no mundo real" ou ainda "a enorme angústia de se ser quase jovem mas não se poder voltar a sê-lo". Naquele que é o "fim de uma era", encontramos "um grupo mais maduro e confortável consigo mesmo". 


A estreia fez-se em 2020, com Soft Violence e várias apresentações em festivais como o Vodafone Paredes Coura (Sobe à Vila). Neste grupo entregue ao onírico, ouve-se a voz de Francisco Taveira acompanhada pelas guitarras e synths da ordem de Bernardo Sampaio e Nuno Ribeiro. Também o baixo sob a mão de João Garcia e a bateria de Diogo Teixeira de Abreu dão cor à vida de, como dizem, "cinco jovens em crescimento num país belo mas pobre, onde ser músico tanto pode ser considerado um ato de coragem como de loucura". 

Quanto à profundidade do seu trabalho, Dream People referem ser um conjunto de "sonhadores em busca da realidade que não renuncia pintá-la como ela é", cantando-a "sem adornos, complexa e intricada". Mesmo nos momentos mais altos, está patente "uma camada negra de melancolia e dor, só acessíveis ao ouvido mais atento".

Podes começar já a investigar todos os segredos escondidos na obra da banda. O videoclipe está à tua espera no Youtube.


Texto: Carina Fernandes

0 comentários:

Publicar um comentário