segunda-feira, 1 de março de 2021

iLana estreiam-se pela Panama Papers com AnalOg


AnalOg é a mais recente empreitada da editora portuguesa Panama Papers. O EP dos italianos iLana data já de 2015, ano em que Martino Gallo, Daniele Sciolla e Alessandro Brignone gravaram e masterizaram o disco, mas foi só em 2021, em plena pandemia, que o lançamento viu a merecida luz do dia.   

AnalOg é uma “explosão de vibrações sintetizadas”, explica a Panama em comunicado, um concílio de “máquinas-deuses” em três faixas que transbordam energia e incitam “movimentos pélvicos e coreografias clubescas”.   

O EP encontra-se disponível desde o dia 26 de fevereiro, em formato exclusivamente digital, e assinala o sexto lançamento da Panama Papers em 2021, dando sucessão aos trabalhos de Tempura the Purple Boy, George Silver, STHIL in LoveBarata Cósmica ou o mais recente Somos todos pó de Estrelas, de DBÉR.   

Encontrem-no no Bandcamp.


0 comentários:

Publicar um comentário