quinta-feira, 8 de abril de 2021

Bills & Aches & Blues: 4AD celebra 40 anos com nova compilação



A 4AD, histórica editora britânica, completou 40 anos de atividade em 2020. De modo a celebrar a data, o selo fundado por Ivo-Watts Russell no início dos anos 80 convidou 18 dos seus artistas e associados a interpretar um tema, à sua escolha, do passado da 4AD, uma experiência que a editora explica estar enraizado no seu espírito colaborativo.

Bills & Aches & Blues (o título é uma referência ao tema “Cherry-Coloured Funk”, dos escoceses Cocteau Twins) reúne novas e velhas caras da 4AD, que oferecem novos pontos de vista aos clássicos da editora que, mais do que uma sonoridade, traçou uma estética de contornos muito distintos. 

Tkay Maidza, U.S. Girls, Aldous Harding, Dry Cleaning, SOHN e Jenny Hval são alguns dos artistas incluídos neste compêndio, que conferem novos tratamentos aos temas de Pixies, The Birthday Party, Deerhunter, Grimes, This Mortal Coil e Lush.  

Mas é no trabalho das The Breeders, de Kim Deal, que o álbum parece conectar os pontos: Tune-Yards, Bradford Cox (Deerhunter) e Big Thief atiram-se aos tesouros da banda americana, enquanto os Bing & Ruth, do compositor David Moore, se atrevem numa interpretação ambiental de “Gigantic”, uma das poucas canções em que Deal toma as dianteiras dos Pixies. As próprias Breeders, que também integram o alinhamento, interpretam o tema “The Dirt Eaters”, dos contemporâneos His Name is Alive.  

A compilação foi publicada na sua totalidade no último dia 2 de abril e encontra-se disponível nas principais plataformas digitais, com edições físicas em CD e vinil previstas para o próximo dia 23 de julho e uma versão de luxo para o fim do ano.   

O primeiro ano de receitas será doado ao Harmony Project, um programa pós-escolar com sede em Los Angeles que visa ajudar crianças de comunidades e escolas sem acesso equitativo à educação artística e musical.


 

0 comentários:

Publicar um comentário