terça-feira, 20 de abril de 2021

John T. Gast, Rebeca Csalog e Dianna Excel no ciclo de apresentações de maio do Novo Negócio

© Vera Marmelo



A Galeria Zé dos Bois, em Lisboa, anunciou o programa do próximo ciclo de apresentações que terá lugar no espaço Novo Negócio, todas as terças-feiras a partir de maio.

O ciclo inicia a 4 de maio com a apresentação de Refraction Solo, novo trabalho do saxofonista Rodrigo Amado que recolhe as premissas centrais de notáveis como Ornette Coleman, Sonny Rollins ou Thelonious Monk, "projectado em solidão como forma de canalizar energias e reflectir sobre o seu próprio percurso e as bases do mesmo", explica a organização.

A 11 de maio, o elusivo produtor inglês John T. Gast, que assina mais de uma década de carreira e lançamentos por selos como a saudosa Blackest Ever Black ou a sua 5 Gate Temple, regressa a Lisboa para apresentar o espetáculo ‘No Murmúrio dos Esgotos’. A primeira parte conta com a harpista Rebeca Csalog que, entre outras referências, marcou presença junto de artistas nacionais como Conan Osiris ou Odete.

Norberto Lobo, um dos mais reputados músicos portugueses das últimas duas décadas, apresenta-se no espaço lisboeta no dia 18 de maio para uma performance que promete "cruzar clássicos do passado com projecções do futuro".

O ciclo encerra a 25 de maio com a estreia ao vivo de O Que Teriam Ouvido Se Estivessem Calado, performance desenhada por Bernardo Bertrand e que pretende reimaginar o seu projeto Menino da Mãe. Na mesma noite, Dianna Excel apresenta, pela primeira vez, o seu novíssimo XL, a estreia da cantora-produtora em longa-duração.

Também no mês de maio, a ZDB recebe a próxima fase do ciclo A Vida Continua, que conta com a participação de Oseias, José Rego, Rudi Brito & Maria Reis, João Dória, Bubacar Djabaté, April Marmara, nastyfactor, Cíntia, Puçanga, Metametal, NGIRI ICE e LONGO & Gapp.

Consultem o programa completo em zedosbois.org.


0 comentários:

Publicar um comentário