terça-feira, 27 de abril de 2021

Semibreve revela datas para 2021


O Semibreve regressa a Braga entre os dias 29 e 31 de outubro. O formato da 11ª edição do festival dedicado ao melhor da música eletrónica e arte digital será anunciado em breve e terá em conta a atual situação pandémica.

Em 2020, o Semibreve celebrou a sua 10ª edição com um evento híbrido que se dividiu entre o Mosteiro de São Martinho de Tibães e o espaço virtual, através do site do festival. O programa foi composto por peças sonoras exclusivas, mesas redondas, instalações audiovisuais, transmissão de concertos ao vivo, residências artísticas e oficinas por um conjunto de artistas notáveis que incluiu Laurel Halo, Tyondai Braxton, Nik Void, Jessica Ekomane, Klara Lewis, Oliver Coates e Beatriz Ferreyra.  

A organização confirmou também o regresso do EDIGMA Semibreve Award, prémio internacional que visa premiar e estimular a criação artística no domínio da intersecção entre arte e tecnologia. O prémio está aberto a propostas de artistas individuais ou coletivos – podem podem concorrer até 4 de Julho através do site – e tem um prémio de 2500 euros. O EDIGMA Semibreve Scholar, que se foca em trabalhos de cariz académico, também voltará este ano.

Caso os eventos físicos em tempo real sejam permitidos mais uma vez, os portadores do passe para a edição de 2020 terão acesso garantido à edição de 2021.  



0 comentários:

Publicar um comentário