quinta-feira, 22 de abril de 2021

STREAM: Bruno Pernadas - Private Reasons


O quarto registo de estúdio de Bruno Pernadas já se encontra disponível nas plataformas de streaming e em CD a partir desta sexta-feira. Private Reasons terá também uma edição em vinil, com saída prevista no próximo mês de junho e já disponível em pré-venda no site da FNAC. 

Do alinhamento fazem parte 13 temas inéditos, do qual já se conhecia “Theme Vision” – o primeiro single lançado no passado mês de março. Bruno Pernadas assina a composição, letras, arranjos e produção do álbum gravado entre junho e agosto de 2020, nos Estúdios 15A por Moritz Kerschbaumer. A mistura e masterização ficou a cargo de Tiago Sousa

Pensado e desenhado como fecho de uma bela ideia de trilogia pop, Private Reasons pode igualmente ser a mais magnífica porta de entrada a que o universo musical de Bruno Pernadas podia aspirar. É compreensível que a circunstância de um fim provocado proporcione um gesto de escala grandiosa, mas nada nos preparou para tamanha prova de superação criativa, nem mesmo com os discos anteriores How Can We Be Joyful In A World Full Of Knowledge? (2014) e Those Who Throw Objects At The Crocodiles Will Be Asked To Retrieve Them (2016), nos quais já tinha ficado bem exposta a miríade de ideias, recursos e linguagens que habitam a sua música. Com efeito, Private Reasons é uma declaração imensa e definitiva da arte pop de Pernadas, onde mais uma vez somos convidados a viajar de alma cheia por um mundo de estilos musicais, geografias, imagens, vozes e espíritos, refazendo clássicos e vislumbrando o futuro, em que tudo parece construído com ambições de dimensão faraónica, querendo deixar um monumento no seu tempo, e no nosso. É uma compilação luminosa de histórias sonoras épicas que, por entre composições, arranjos e instrumentação pouco convencionais, nos revela em surdina o que podemos ouvir para além desta trilogia, para além da pop, no amanhã da música de Bruno Pernadas.

Private Reasons é apresentado ao vivo nos próximos dias 21 e 22 de maio na Culturgest e a 26 de junho, na Casa da Cultura de Ílhavo

0 comentários:

Publicar um comentário