quinta-feira, 20 de maio de 2021

Magic Island lança novo álbum, So Wrong

© Iga Drobisz

Magic Island é o alter-ego de Emma Czerny, artista berlinense de raízes canadianas. Nas veias corre-lhe a música pop, não fosse ela uma das figuras mais respeitadas da cena underground da cidade. O seu EP de estreia - Wasted Dawn (2015) – carregado de canções íntimas e vulneráveis, veio conjugar a pop e o seu lado mais lo-fi e experimental com as sonoridades clássicas do R&B dos anos noventa.

O segundo álbum de estúdio de Magic Island, intitulado So Wrong, conta com 14 novas canções que se equilibram entre a leveza e o desalento, lida com a depressão, a ansiedade e o auto-empoderamento feminino. So Wrong assume-se também como uma declaração de amor a Neukölln, bairro berlinense onde reside a artista, o qual se tornou um símbolo para questões sociais, um novo capítulo na história da cidade outrora dividida. De maneira a fundir o virtual com o físico, QR Codes foram espalhados pelas paredes do seu querido bairro, abrindo a porta a um mundo totalmente imersivo que Magic Island, os seus amigos e colaboradores criaram e no qual os ouvintes podem mergulhar.


Czerny, que geralmente prefere gravar as canções no próprio quarto, decidiu contar neste novo trabalho com a produção de Phong Ho, conhecido nos círculos de rap underground alemão.

So Wrong chegou às lojas físicas e digitais a 14 de maio, com a chancela da Mansions and Millions. Escutem-no aqui e agora.


0 comentários:

Enviar um comentário